Mordidas e destruição em filhotes
Mordidas e destruição em filhotes

Aqueles dentinhos de leite, pontudos e fortes dos filhotes de cães, sempre fazem um estrago nas nossas mãos, em nossos móveis e outros objetos de casa.

Se não soubermos educar o cachorrinho quanto a isso, essa fase, que coincide com a troca dentária (entre 3,5 e 7 meses) se estenderá por mais um bom tempo.

O principal motivo para esse comportamento é realmente a troca dentária, a gengiva do animal coça bastante, ele fica incomodado e se o animal não tem opções para roer, ele vai procurar objetos dos donos ou ainda o próprio dono para morder. Congelar os brinquedos, frutinhas e até ração com água e oferecer ao pequeno mordedor, ajuda a aliviar essa coceira.

Mordidas e destruição em filhotes
Brinquedos com várias texturas, tamanho, forma e material diferentes.

O ideal é que este filhote tenha pelo menos 1 brinquedo de cada textura, tamanho, forma e material diferente, assim saberemos qual ele prefere. Sempre que o cãozinho estiver brincando com os brinquedos dê bastante atenção, brinque com ele, faça festa e se divirta com ele, pois quando ele quiser morder algo para chamar a sua atenção pegará o brinquedinho dele e não suas coisas. Sim, outro motivo da mordida e destruição é para chamar a atenção dos tutores, geralmente eles pegam o objeto proibido por curiosidade, quando o tutor vê, para o que está fazendo e sai correndo atrás do filhote. O que ele aprendeu? Que quando ele pega algo seu você para tudo para brincar de pega-pega com ele. Se torna um comportamento aprendido e muito divertido para ele.

O terceiro motivo que leva a esse comportamento é a brincadeira, filhotinhos aprendem a brincar um com o outro mordendo, e será assim que vão brincar conosco também. Os cães que foram tirados do convívio da mãe e dos irmãos antes dos 60 dias de vida tem maior tendência a não controlar as mordidas, pois nessa fase eles aprenderiam com a matilha, através das brincadeiras, qual a força ideal da mordedura. Na nossa casa, se não ensinamos ao filhote de maneira semelhante, eles vão continuar com esse comportamento.

Vimos então os principais motivos das mordidas e destruição dos filhotes, agora, como vamos ensinar a parar ou diminuir?

Os 3 pontos podem ocorrer em todos os filhotes, então vamos treinar todos.

Deixar muitas opções de brinquedos com uma imensa variedade de formas e texturas dos materiais, dê preferência à brinquedos mais resistentes, que não se desfaça com facilidade, como brinquedos de nylon ou borracha. Brinquedos que dê para colocar água ou suco de fruta dentro e congelado, ajuda a aliviar a coceira na gengiva. Quando for brincar com o filhote, vá sempre com um brinquedo na mão, para ele não mordê-la. Caso morda, pare a brincadeira e fique um tempo sem dar atenção ao cãozinho.

Varie os brinquedos disponíveis, para sempre ter novidades. Pendure alguns e coloque comida dentro de outros para deixa-los sempre interessante.

Não deixe o cachorrinho ter acesso aos objetos e móveis que ele possa destruir, se estiver sem supervisão, deixe-o em um ambiente enriquecido com as coisas dele e em segurança, sem acesso ao restante da casa.

Mordidas e destruição em filhotes
Contato com outros cães ajuda o filhote a controlar a força das mordidas.

O contato com outros cães, devidamente saudáveis e equilibrados, nessa fase, também ajuda o peludinho a aprender controlar a força das mordidas.

Muitos tutores também provocam esse comportamento, estimulando brincadeiras muito brutas, evite nessa fase se você quiser melhorar esse aspecto.

Para um filhote, tudo é novo e divertido, cabe a nós direcioná-los aos comportamentos corretos de forma positiva através do condicionamento.